quarta-feira, novembro 30, 2011

Troublesome thoughts


Sometimes we stumble in life, but wtf we stumble in? Is there some cosmic reason for us to sutmble upon ? Or we simple need a motive of imply gravity on things?(whisper - gravity of things)

Lewis

3 comentários:

Kyla disse...

When we stumble in something, means that those things are saying: "Hei! I'm here, and you just can't ignore me".
So use those things to learn something.

"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo…" - Fernando Pessoa.
Beijos

Pericles Pinto disse...

Gostei do pensamento da Kyla sobre as coisas em que tropeçamos...

Eu diria mesmo que as coisas em que tropeçamos são o sal da vida.

Em relação à frase "Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo" lamento informar mas, embora milhares de pessoas a propaguem na net como sendo do Fernando Pessoa, a verdade é que não é.

Nem por acaso, há dois dias atrás vi um poster com essa frase numa loja de fotocópias e também já dei com ela num site de recursos humanos...

Eu diria mesmo que esta "apropriação" é um case study... um estudo da caixa, como dizem os americaines.

Kyla disse...

lol...por acaso nem sabia de quem era a frase.
Conhecia-a há já alguns anos, mas só depois de pesquisar na internet o seu autor é que cheguei a Fernando Pessoa.
Pelo que pesquisei agora mais a fundo, depois do reparo, não há certezas de quem é o seu autor.

Aconteceu o mesmo com o poema "Pegadas na areia".
Muita gente se disse autor desse poema, porém, veio-se a descobrir que foi "perdido" pela verdadeira autora Margaret Fishback Powers: http://www.iqc.pt/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=725

Isto nunca é de fiar....mal escrevamos alguma coisa, é logo dirigirmo-nos à SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) para registarmos o nosso feito :PP